terça-feira, 10 de março de 2015

E se o petroleo acabasse agora.

Toda Segunda- Feira a Sissi do blog Reflexões Rápidas  cria uma suposição para que possamos inspirar e construir livremente sobre a hipótese. Participe também é gostoso brincar neste projeto. Confiram aqui: /reflexoesrapidas.blogspot.com.br/2015/03/e-se_9.html



Era um dia ensolarado comum
Acordei em meio a um silencio
Nada mais além deste tum-tum
Do meu coração neste suplicio.

Numa UTI um homem a operar,
Mas faltou óleo diesel no gerador
Como pode hoje a energia faltar?
Corram logo com o desfibrilador.

Parece que a ambulância sumiu,
Como vai socorrer este paciente?
Nem aquele tal helicóptero subiu,
Assim ele vai morrer lentamente.

Nos grandes prédios há alarido,
Nas portarias repletas de gente,
Cadê o sindico? Estará foragido?
O gerador não ligou certamente.

No dia em que o petróleo acabou,
Transformação foi total na terra,
O caos implantado, a vida parou,
Devastadas cidades após a guerra.

Toninho
09/03/2015

Stop a vida parou.
Ou foi o automóvel? (Drummond)
**************************************************
Desejo que a semana esteja leve e seja assim até o final.
Grato sempre pela leitura e comentário.

9 comentários:

  1. Puxa, foste fuuuuuundo e abordaste muito bem a situação em que essa falta do petróleo traria! Valeu! abração,chi9ca

    ResponderExcluir
  2. O petróleo é fundamental, ainda, para a humanidade. Poesia bem apropriada para os dias atuais.
    Um abraço, Élys.

    ResponderExcluir
  3. Fantástica sua poesia. Retrata bem o caos que se instalaria.É um alerta, para buscarmos desde já, a alternativa. Mas o que achei perfeito em seu post com o link com Raul, esse, sem dúvida, um visionario...ah mais de 30 anos já falava desste assunto que estaos falando hoje nesta BC. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Seu poema mostra claramente a situação em que vivemos no nosso país!
    está insuportável!
    Lindo poema e verdadeiro!
    Bjus e uma linda semana,amigo!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, amigo Toninho
    Fan-tás-ti-co!!!
    Deus nos livre de guerras!!! Já é um sofrimento a gente saber que elas existem por aí... mais no sentido literal eu falo e as outras que enfrentamos no cotidiano...
    Oxalá não haja o dia da Terra parar!!!
    Vamos seguir confiantes e esperançosos!!!
    Bjm quaresmal

    ResponderExcluir
  6. Eh verdade, Toninho!
    Se o mundo parar, o caos se instalara!
    Que isso nao aconteca, mas ja esta preocupando...
    Adorei a poesia!! Parabens!!!
    Bjs e uma otima noite!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Toninho,

    Você escolheu a música apropriada para embalar a leitura de sua poesia.
    Versos que refletem o desastre que decorreria da falta desse líquido
    precioso. Que o homem não concorra para tal! #Oremos!

    Ótima participação.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Toninho.
    Seria com certeza uma catástrofes , muitos não dão o devido valor ao petróleo pois não compreende a importância dele. Um feliz dia.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Mineirinho, escolheu com propriedade a música. Seus versos traduziram os desastres aos quais estaremos submetidos, a curto prazo, se a realidade não se alterar. Bjs.

    ResponderExcluir


Grato pela leitura e comentário isto me incentiva.
Alguma dificuldade aqui favor deixar comentários.
Meu outro blog http://mineirinho-passaredo.blogspot.com.br/

Toninho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...