quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Mãe verde.


BC- botando a cabeça para funcionar nasceu de uma brincadeira da Chica com seu neto Neno, nos dias 5, 15 e 25 de cada mês com uma imagem e inspiração livre, confira aqui: /chicabrincadepoesia


Alice procurava uma abobora que a mãe lhe pediu, para apanhar no quintal. O que Alice não sabia, era que a abobora, não dava em arvore e assim com seus olhinhos de gato, estava a procurar a abobora, quando seus olhinhos depararam com uma enorme arvore com vários galhos cobertos de folhas verdes.

Foi encantamento à primeira vista para a menina, que sempre tinha olhares para as plantas rasteiras coloridas, principalmente do jardim. Encantada com a abundancia verde correu para sua casa gritando  pela mãe, para contar a sua descoberta. Descreveu a arvore como uma mãe com muitos braços para acolher todos os filhos, o que emocionou sua mãe com lagrimas nos olhos.

A mãe então confirmou, que uma arvore é sempre um presente de Deus, é como uma mãe da natureza a cuidar das plantas menores sob sua copa e que todos os humanos deveriam olhar para elas como olham para suas mães, com uma ternura e carinho especial de proteção. Alice sorriu voltou os olhos para o quintal e disse:
Mas eu não achei a abobora mamãe, mas encontrei uma mãe para mim e para você.

Toninho.
05/10/2016

************************
Desejo que a 
semana esteja
leve e alegre.

Em tempo parabenizo a menina Alice do Blog poesia do bem de Paula Belmino sua mãe Aqui poesia do bem


11 comentários:

  1. Belíssimo conto esse seu, nascido ao contemplar tão bonita imagem de árvore. Amei!
    Deus abençoe, meu amigo.

    ResponderExcluir
  2. Que coisa mais linda,Toninho e acho que podes dedicar à Alice, filha da Paula Belmino que, se não me engano está de niver hoje! Adorei! Linda! Beleza de mãe! abração, obrigadão, levei teu link! chica

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, amigo Toninho!
    Espetacular!
    Nossa Mãe Terra nos dá várias mãezinhas assim para alegrar nossa vida e tornar verde de esperança nossos corações...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, amigo Toninho!
    Espetacular!
    Nossa Mãe Terra nos dá várias mãezinhas assim para alegrar nossa vida e tornar verde de esperança nossos corações...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  5. Lindo conto, repleto de ternura e amor. bjs

    ResponderExcluir
  6. Que grande descoberta fez essa Alice,e que bom se todos pudessem compreender que as árvores são mães para todos nós. Amei a homenagem e sabe Toninho faço o possível para que minha Alice seja sempre assim encantada pela natureza como tua Alice no conto.
    Não tinha vindo ainda nesse teu espaço lindo, agora já estou seguindo. Obrigada pelo carinho constante com minha Alice, que cresce veloz, obrigada pela homenagem!! Mil beijos. Vou ler para ela

    ResponderExcluir
  7. Que ternura este seu conto amigo Toninho.
    Se todas as crianças fossem educadas a amar e respeitar a natureza com a Alice, o mundo seria bem melhor.

    Um beijinho com amizade

    ResponderExcluir
  8. Boa noite meu caro amigo
    Que menina esperta essa Alice. Fez uma descoberta ímpar e aprendeu a amar com mais fervor a "Mãe" natureza
    Um conto excepcional meu amigo. Aplausos pra você
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi amigo
    Que beleza de texto, olha, achei um "doce" sua história.
    Parabéns, caro Toninho.

    ResponderExcluir
  10. Um belo conto de amores...pela natureza e pela mãe!!!
    Bj

    ResponderExcluir
  11. A mim sempre me encanta a forma como escreves
    e conta de forma sublime as imagens que vê!
    Alice encontra na árvore a amorosa proteção que a mãe lhe dá

    abraços

    ResponderExcluir


Grato pela leitura e comentário isto me incentiva.
Alguma dificuldade aqui favor deixar comentários.
Meu outro blog http://mineirinho-passaredo.blogspot.com.br/

Toninho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...