terça-feira, 5 de julho de 2016

Poesias prisioneiras




Está vendo aquela porta ali menino?
Sim, aquela com dois puxadores metálicos?

Sim esta mesma. Dentro deste casarão viveu um poeta, que todos diziam ser louco, mas na realidade nada de louco tinha, apenas sonhava com um mundo já bem diferente deste nosso. Outros diziam que era um poeta apaixonado e desiludido com o amor e que assim deixou nas paredes todas suas inspirações e emoções rabiscadas. Segundo contam os mais velhos, nenhuma tinta conseguiu apagar as palavras para que outras pessoas pudessem habita-la e passou a ser considerada como um casarão mal assombrado.

Um detalhe que chama a atenção, é que ninguém consegue tocar nos puxadores, pois todos que tentaram fazê-lo, tiveram suas mão queimadas e assim ninguém se atreve a tentar abrir estas portas para ver o que acontece dentro do casarão, que todas as noites luzes piscam, ouvem-se sons de maquina de datilografia, objetos caindo pelo chão. Mesmo sem energia elétrica par alimentar os aposentos luzes são vistas pelas frestas dos janelões e debaixo destas pesadas portas.

Agora veja aquele moço sentado na praça com barbas longas, que se intitula Deus?
Aquele que fica recitando coisas bonitas e estranhas?
Isto mesmo. Pois saiba que foi o ultimo a tocar aqueles puxadores. Segundo ele ao passar pela porta ouviu uma voz rouca e um pedaço de papel caiu junto dele e do papel uma voz soou pedindo para escrever um verso de amor. Ao tocar no papel, ele girou como um pião e nunca mais foi normal e passou a recitar poesias pela praça poesias visionárias falando de um novo mundo que está para chegar, isto já faz bem uns 20 anos.

Está bom tio, então vamos seguir logo para o outro lado da rua, antes que caia um caderno perto da gente.

Toninho.

05/07/2016
coisa nova lá: mineirinho

******************
Participação na BC_botando a cabeça para funcionar que a Chica e o neto Neno promovem nos dias 5,15 e 25 de cada mês. Uma imagem para livre inspirar. Confiram e participem. Aqui chicabrincadepoesia.



6 comentários:

  1. Bah,Toninho! Viajaste, foste bem longe e criaste muito bem! Que legal e bem mirabolante... Perfeito encaixe de imagem com tua inspiração com mistério, suspense!Valeu!Parabéns! Obrigadão! Levo o teu link! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, amigo Toninho!
    Que inspiração bem bolada! Conto com um bom enredo e gostei de ler, apesar de não fazer meu feitio de conto, me encantou sua forma de descrever o aparente sinistro.... muito bom desde o início ao fim!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  3. Excelente, Toninho!

    Creio que precisamos de mais loucos poetas profetizando e desejando um mundo novo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que genial, Toninho! Gostei muito da sua interpretação, diferente de tudo!Passeias muito bem por todos os tipos de escritas. Imaginação farta, rica! Abraço forte!

    ResponderExcluir
  5. Muito bonita a sua inspiração, Toninho! Um texto muito bom!!
    Uma Boa 4ª feira!...

    ResponderExcluir
  6. Caraca Toninho... essa porta abriu a sua imaginação! Muito bom o conto! Um abração Tetê

    ResponderExcluir


Grato pela leitura e comentário isto me incentiva.
Alguma dificuldade aqui favor deixar comentários.
Meu outro blog http://mineirinho-passaredo.blogspot.com.br/

Toninho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...