quinta-feira, 8 de outubro de 2015

5 Brincadeiras de antigamente.

A Sissi do blog reflexões rápidas tem uma BC_5* onde toda semana nos desafia com 5 coisas, esta semana nos desafiou voltar no tempo e falara de 5 brincadeiras de antigamente. Vamos lá conhecer outras. Clique aqui: Sissi 
Vamos lá.
5 brincadeiras de antigamente...

1-Fazer pipa e solta-las correndo pelas ruas de terra, era uma brincadeira que perdura até hoje entre os meninos.
Advirto que é uma brincadeira que deve ser evitada junto das redes elétrica, bem como não usar linha com cerol¹. Na minha época não se usava esta coisa.
 
2-As bolinhas de gude era uma brincadeira de todo o ano e as crianças pediam para suas mães que fizessem sempre calça, short com bolsos para carrega-las ou as carregavam em meias. Hoje se aconselha uma idade mínima para a criança brincar com elas evitando acidentes com ingestão delas.
3-Nos anos 60 quando os circos apareciam na cidade do interior, era maior festa e o que nos encantavam era o desfile dos palhaços, pelas ruas com suas pernas de pau, convocando para conhecer o circo e assim nós meninos logo os imitavam construindo nossas pernas de pau, para brincar. É certo que alguns caiam delas ou as mesmas se quebravam e assim machucavam testa, pernas, braços e pés, mas Sobrevivemos.
4-Uma brincadeira que ultrapassa o tempo é jogar bola entre os meninos, mas na nossa época usávamos eram as bolas feitas de velhas meias com enchimento de retalhos. Daquela turma saíram vários jogadores para as divisões de base do time da Cidade, o Valeriodoce Esporte Clube, que disputava o campeonato mineiro, inclusive eu joguei por lá uns cinco anos até o profissionalismo. 
5-Nas noites de pouca iluminação nós crianças brincávamos de “Nego Fugido” que é uma alusão aos escravos fugitivos para os quilombos² na época da escravidão negra do Brasil. Nesta brincadeira uma criança fechava os olhos atrás de um poste e os outros se escondiam pela rua, seja em escadas, arvores, jardins. A criança do poste iniciava uma contagem para os outros se esconderem, que era bem assim: primeiro de janeiros, dois de janeiro... até 31 de janeiro. É quando a criança dizia: 31 de Janeiro quem escondeu, escondeste e saia à procura de cada um nego fugido.



 Notas


1-Cerol:

A)-Pasta compósita (cera, sebo e pez) us. por sapateiros para encerar linhas.

B)- mistura cortante de vidro moído e cola que se passa na linha com que se empinam papagaios ou pipas, a fim de que possa talhar a linha de outro papagaio ou pipa quando ambos estão no ar; cortante, preparo, tempero.


2-Quilombo:
Lugar secreto em que ficavam ou para onde iam os escravos fugidos, normalmente encoberto ou escondido em meio ao mato: quilombo dos Palmares.História. Brasil. Localidade povoada por negros que haviam fugido do cativeiro, sendo dividida e organizada internamente; geralmente, também havia índios ou brancos.

Toninho
Outubro/2015 
**************************************************************************



3 comentários:

  1. Brincadeiras legais que mudam os nomes conforme as regiões, mas sempre válidas e divertidas! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Tempos bons!
    Onde a crianças eram realmente crianças.
    Tinham criatividade, eram mais simples e felizes.
    Parabéns pela particpação, Toninho!

    Bjksss

    ResponderExcluir
  3. Brincadeiras tão inocentes e belas!!!! Eu me lembrei, com saudade, das bolinhas de gude (kkkk), pois meninas também jogavam. Bjs.

    ResponderExcluir


Grato pela leitura e comentário isto me incentiva.
Alguma dificuldade aqui favor deixar comentários.
Meu outro blog http://mineirinho-passaredo.blogspot.com.br/

Toninho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...