terça-feira, 5 de maio de 2015

Um dia por vez


Esta é mais uma bela BC_ da Chica aqui chicabrincadepoesia. criada por ela e o neto Neno. Uma figura é apresentada para nossa leitura e criação livre. Confiram lá como nossos amigos se inspiraram. Aproveite e faça sua leitura que a Chica copia o link de sua postagem.
Um dia por vez.

Julia uma estressada estudante de cursinho pré-vestibular. Sua mãe não sabia o que fazer, para desacelera-la. Acordava já procurando livros e cadernos. O vestibular ainda seria uns três meses à frente.

Assim sua mãe diante do sofrimento e agonia da filha teve uma ideia, pegou uma maquina fotográfica no guarda roupas e entregou a Julia, que ficou sem entender nada. Sua mãe delicadamente a tomou pelas mãos e seguiram em direção ao jardim, que ali era bem cuidado por ela e às vezes por um rapaz quando movimentava terras e adubos.

Julia ficou olhando a mãe acariciar as plantas com um carinho, que ela jamais tinha observado, até que ela parou perto de uma flor Hibisco. Então chamou Julia para perto e mostrou um pequeno botão da flor. E disse, que a aquele botão com o tempo e cuidados seria uma bela flor e que a partir de hoje seria adotada por Julia que fotografaria cada fase da flor, até se tornar adulta.

E foi assim, que Julia se libertou da tensão e pressão do vestibular. Dias antes do vestibular Julia entregou à sua mãe uma fotomontagem com as quatro fases da flor, dizendo à mãe, que aprendera com a flor em transformação, a ver a vida com outro olhar e viver um dia a cada vez.

Sua mãe sorriu e se abraçaram por um longo tempo ali no jardim.
Ah, Julia foi aprovada no exame vestibular de medicina.

Toninho
05/05/2015 
******************************************************************
Que a semana esteja bela para todos.

16 comentários:

  1. Esse é meu amigo fantástico, sempre nos surpreendendo com esse dom maravilhoso de expressar-se em sentimentos, como se as palavras fossem um adorável brinquedo! Boa! Muito boa sua fala! Abraço forte!

    ResponderExcluir
  2. Que beleza e que sabida foi a mãe de Júlia.Assim a fez compreender que tudo tem o seu tempo e devemos saber esperar e respeitar! Adorei! OBRIGADÃO!! ABRAÇÃO, TUDO DE BOM,CHICA Levo o link!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Toninho. Que linda lição de sabedoria tanto da mãe quanto da filha.
    A mãe encontrou um meio para frear a ansiedade da filha de uma forma tão simples e natural, que o que tinha de acontecer, aos poucos se deu e ela viu que desesperar-se não era asolução.
    Ser feliz, conquistar um dia de cada vez sem pressão externa e interna é o melhor a ser feito.
    Precisamos muito aprender essa lição e relaxar.
    Parabéns.
    Tenha um dia de paz.
    Amei ler, acrescentou-macrescentou-me demais.
    Aprender a deixar fluir naturalmente ainda é a melhor maneira de se encontrar feliz.
    Beijos na alma, querido.
    Aplausos e muito aplausos.
    Paz.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Toninho. Que linda lição de sabedoria tanto da mãe quanto da filha.
    A mãe encontrou um meio para frear a ansiedade da filha de uma forma tão simples e natural, que o que tinha de acontecer, aos poucos se deu e ela viu que desesperar-se não era asolução.
    Ser feliz, conquistar um dia de cada vez sem pressão externa e interna é o melhor a ser feito.
    Precisamos muito aprender essa lição e relaxar.
    Parabéns.
    Tenha um dia de paz.
    Amei ler, acrescentou-macrescentou-me demais.
    Aprender a deixar fluir naturalmente ainda é a melhor maneira de se encontrar feliz.
    Beijos na alma, querido.
    Aplausos e muito aplausos.
    Paz.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Que mente maravilhosa!!!!
    Amei...lindo e expressivo amigo.
    Lindo dia!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  6. Toninho, meu amigo, há quanto tempo! :))))
    Super me identifiquei com teu conto, huahuahahuahau!
    Sério amigo, há váááários meses ainda do vestibular, andei bem como a Julia, agora estou dando uma desacelerada e até por motivação de minha professora do cursinho de Redação, retomei a blogar.
    Ela disse que não podemos descuidar das outras coisas que nos são caras e importantes. A real é que fiquei bem desmotivada com tanta coisa para estudar.
    Bom... O desfecho COM CERTEZA não será o mesmo do conto.
    Primeiro porque não vou prestar para Medicina, nunca me interessei. E segundo, porque sabe-se lá se eu vou passar! É tanta coisa que não crio expectativas de passar de primeira não. E se não passar de primeira, aprendi que o mundo não vai acabar por isso e terá tantos outros vestibulares pela frente.
    Beijos meu querido.

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir
  7. Lindo, Toninho! Já fui Julia! Qtos de nós já não o fomos, não é mesmo?! Hoje estou mais para a mãe da Julia! Apesar da correria que me encontro, procuro fazer tudo mas de forma mais calma e centrada e se não deu pra fazer, paciência, sem estresse!!! Lenine é tudo de bom!

    Bjs =)
    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
  8. Um belo conto, Toninho!
    Paciência e perseverança sempre...
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  9. Amei o conto, Toninho!
    Mae eh mae, sempre sabia!!!
    Ah, apesar da frustacao com o jogo do Botafogo, sobrevivemos, rsrsrsrsrsrs
    Bjs , querido amigo! Que o seu dia seja de paz!

    ResponderExcluir
  10. Toninho
    sua escrita acalma e nos transporta para o mundo de Julinha
    Nada como a sabedoria de mãe para fazer compreender o tempo das coisas e acalmar o estresse!
    abraços

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Toninho!

    Arrepiei com seu conto! Que lindo! Sei que Júlia aprendeu a paciencia e a espera com a flor, mas acho que aprendeu mesmo foi com o ensinamento da sua doce e sábia mamãe!

    Parabéns pela participação! Eu adoro essa musica do Lenine, é um desabafo!"

    ResponderExcluir
  12. Bom dia Toninho!

    Arrepiei com seu conto! Que lindo! Sei que Júlia aprendeu a paciencia e a espera com a flor, mas acho que aprendeu mesmo foi com o ensinamento da sua doce e sábia mamãe!

    Parabéns pela participação! Eu adoro essa musica do Lenine, é um desabafo!"

    ResponderExcluir
  13. Que conto maravilhoso,Toninho
    O seu conto me serviu de lição.
    Assim como Julinha, sou muito ansiosa.
    É necessário mesmo viver um dia de cada vez, não?
    Aplausos pela linda participação!
    Um grande abraço de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  14. Que linda lição de amor e de vida amigo Toninho.
    Suas participações sempre me surpreendem pela delicadeza e intenção.

    Um beijinho

    ResponderExcluir
  15. Oi Toninho! As suas participações nas blogagens são sempre muito bonitas, inteligentes. Mas, confesso que esta participação me emocionou mais. E me serviu muito neste dia que as minhas emoções estiveram à flor da pele por causa de uma "guerra" judicial que tenho enfrentado e sou obrigada a me defender. Paciência, calma, uma flor para admirar são preciosidades que saio daqui levando-as comigo. Obrigada. Abraço! Renata

    ResponderExcluir
  16. Amigo, muito bacana seu conto. é muito prazeiroso ler seus escritos. Abraços!!!!

    ResponderExcluir


Grato pela leitura e comentário isto me incentiva.
Alguma dificuldade aqui favor deixar comentários.
Meu outro blog http://mineirinho-passaredo.blogspot.com.br/

Toninho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...